Considerações sobre intoxicação crônica por cobre em ovinos

Hélio Martins de Aquino Neto, Moisés D. Freitas, Irma Ximena Barbosa Sanchez

Resumen


O cobre é um microelemento essencial para os mamíferos, porém, quando ingerido em grande quantidade, pode levar os animais a intoxicarem-se. Existe diferente susceptibilidade à intoxicação por cobre entre as espécies domésticas, e até mesmo entre raças dentro da própria espécie. Os ovinos são os mais propensos a desenvolverem a enfermidade, especialmente a de evolução crônica, o que causa grandes perdas econômicas. A maioria dos ovinos acometidos é proveniente de manejo intensivo, os quais recebem dietas ricas em concentrados energéticos, e a ocorrência mais comum se dá quando estes animais ingerem misturas minerais destinadas a bovinos. Entre os sinais clínicos destacam-se a icterícia e a hemoglobinúria. O diagnóstico é realizado por meio do histórico, exame clínico, alterações macro e microscópicas, além da determinação dos níveis cúpricos no fígado e/ou rins. A terapia pode ser eficiente se for instituída precocemente após o início da hemoglobinúria, sendo utilizado o tetratiomolibdato de amônio. O controle em rebanhos ovinos deve ser feito com rígidas medidas dietéticas, evitando-se oferecer rações concentradas em concomitância com sais minerais que contenham altos teores de cobre. Nas situações em que a dieta contenha elevados níveis de cobre, recomenda-se a adição de molibdênio à mesma.


Palabras clave


anemia hemolítica, enxofre, icterícia, hemoglobinúria.

Texto completo:

PDF

Referencias


Angus, K.W. Inorganic and organic poisons. In: Martin, W.B., Aitken, I.D., editors. Diseases of the sheep. Third Ed. Blackwell, Oxford, England, 2000. 368-378.

Barcellos, J.O.J., Ospina, P.H., 1998. Cobre. In: Nutrição Mineral em Ruminantes. Segunda Ed. Editora da UFRGS, Porto Alegre, Brasil.

Bostwick, J.L., 1982. Copper toxicosis in sheep. Journal American of Veterinary Medicine and Association 180, 386-387.

Berqvist, A., Parada, R., Palavecino, I. 1991. Ingestión crítica de metales pesados em diversas espécies animales. Agricultuta Tecnica 4, 370-373.

Carlton, W.W., McGavin, M.D., 1998. Patologia Especial de Thomson. Segunda Ed. ArtMed, Porto Alegre, Brasil 672.

Castro M.B., Chardulo, L.A.L., Szabó, M.P.J., 2007. Copper toxicosis in sheep fed dairy cattle ration in São Paulo, Brasil. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia 59, 246-249.

Costa, J.N., Ferreira, A.F.M.S.C., Brito, J.M., Peixoto, A.P.C., 2004. Intoxicação por cobre em ovinos. In: Anais do XXXI CONBRAVET, Maranhão, Brasil 48-53.

Davis, G.K., Mertz, W. Copper. In: Mertz, W, editor. Trace elements in human and animal nutrition. Fifth Ed. San Diego: Academic Press; 1987, pp. 301-364.

Di Paolo, L.A., Ancinas, M.D., Travería, G.E., Romero, J.R. 2008. Crisis hemolítica aguda em ovinos, associada al consumo crónico de cobre: descripción de um caso. Revista Veterinaria Argentina 25, 251-257.

Dirksen, G., Gründer, H., Stöber, M. 2005. Medicina Interna y Cirugía del Bovino, Volumen 1, Fourth Ed. Intermédica, Buenos Aires, Argentina, pp. 224-226.

Espinal, C.F., Covaleda, H.M., Amézquita, J.E., 2006. Diagnóstico de la cadena de ovinos y caprinos en Colombia. Documento de Trabajo No. 125. Observatório Agrocadenas Colombia. Ministerio de Agicultura y Desarrollo Rural, Bogotá, Colombia.

Fernandéz, A.J.G., Guzmán, M.M., Navas, I., MOJICA P.M., ROMERO, D.,1999. Sunflower meal as cause of chronic copper poisonig in lambs in southeastern Spain. Canadian Veterinary Journal 40, 799-801.

Fighera, R.A., Graça, D.L. Sistema Hematopoiético. In: Santos, R.L., Alessi, A.C. editors. Patologia Veterinária. Roca, São Paulo, Brasil, 2011, pp. 419-420.

García-Rubio, L., García-Arroyo, R., Miguez, M.P., Soler, F. 2000. Intoxicación por cobre en ovino: eficacia del tratamiento y evaluación del cobre en suero. In: Comunicación 10, XXV Congresso de Patologia Animal, Caceres, Espanha. pp. 377-380.

Giral, B., Germain, H. 1993. Le cuivre. Indispensable mais toxique. Reussir-Patre, 406.

Gooneratne, S.R., Buckley, W.T., Christensen, D.A. 1989. Review of copper deficiency and metabolism in ruminants. Canadian Journal of Animal Science 69, 819-845.

Gooneratne, S.R., Howell, J.McM., Aughey, E.,1986. An ultrastrutural study of kidney of normal, copper poisoned and thiomolybdade – treated sheep. Journal of Comparative Pathology 96, 593-611.

Gopinath, C., Hall, G.A., Howell, J.McM., 1974 The effect of chronic copper poisoning on the kidneys of sheep. Research in Veterinary Science 16, 57-69.

Guedes, K.M.R., Moreira, M.A., Riet-Correa, F., Tabosa, I.M., Medeiros, R.M.T., Nobre, V.M.T. 2003. Intoxicação crônica por cobre em ovinos na região semi-árida. In: Anais do Simpósio Internacional Sobre Caprinos e Ovinos de Corte, João Pessoa, Brasil, p. 665.

Haywood, S., Simpson, D.M., Ross, G., Beynon, R.J. 2005. The grater susceptibility of North Ronaldsay sheep compared with Cambridge sheep to copper-induced oxidative stress, mitochondrial damage and hepatic stellate cell activation. Journal of Comparative Pathology 133, 114-127.

Headley, S.A., Reis, A.C.F., Nakagawa, T.L.D.R., Bracarense, A.P.F.R.L. 2008. Chronic copper poisoning in sheep from Northern Paraná, Brazil: case report. Semina: Ciências Agrárias 29, 179-184.

Humphreys, D.J., 1998. Veterinary Toxicology, Third Ed. Great Britain by Butler & Tanner Ltd, London, England, 356p.

Humphreys, D.J., Morrice, P.C.; Bremner I., 1988. A convenient method for the treatment of chronic cooper poisoning in sheep using subcutaneous ammonium tetrathiomolybdate. The Veterinary Record 9, 51-53.

Jones, T.C., Hunt, R.D.; King, N.W., 2000. Patologia Veterinária, Sexta Ed. Manole, Barueri, Brasil. 1415p.

Kimberling, C.V., 1988. Jensen and swift’s diseases of sheep. Third Ed. Lea & Febiger: Philadelphia, USA.

Keen, C.L., Graham, T.W., 1989. In: Body’s text book of pathology, Lea and Febiger Philadelphia, London 146-147.

Kolb, E., 1972. Microfactores en nutrición animal, Editorial Acribia, Zaragoza, Espanha, 214-218.

Kumaratilake, J.S., Howell, J.McM., 1986. Histochemical study of the accumulation of copper in the liver of sheep. Research in Veterinary Science 42, 73-81.

Lassiter, J.W.; Bell, M.C. 1960. Availability of cooper to sheep from Cu64 labelled inorganic compounds. Jornal of Animal Science 19, 754.

Leite, E.R. 2004. Nordeste: questão de organização para o crescimento. Consultado em 03 de maio de 2014 em http://www.accoba.com.br/ap_info_dc.asp?idCategoria=1&idInfo=348.

Lemos, R.A.A., Rangel, J.M.R., Osorio, A.L.A.R., Moraes, S.S., Nakasato, L., Salvador, S.C., Martins, S., 1997. Alterações clínicas patológicas e laboratoriais na intoxicação crônica por cobre em ovinos. Ciência Rural 27,457-463.

Maiorka, P.C., Mossoco, C.O., Almeida, S.D.B., Gorniak, S.L., Dagli, M.L.Z., 1998. Copper toxicosis in sheep: A case report. Veterinary and Human Toxicology 4099-100.

Martin, L.C.T., 1993. Nutrição mineral de bovinos de corte. Nobel, São Paulo, Brasil.

McDowell, L.R., 1997. Minerales para rumiantes en pastoreo en regiones tropicales, Tercera Ed. Editora del Departamento de Ciencia Animal, Universidade de Florida, Estados Unidos. 92p.

Méndez, M.D.C., 2001. Intoxicação crônica por cobre. In: Doença de Ruminantes e Eqüinos – Volume II, Segunda Ed., Valera, São Paulo, Brasil, pp. 181-186.

Miguel, M.P., Souza, M.A., Cunha, P.H.J., Costa, G.L., Abud, L.J., 2013. Intoxicação crônica por cobre em ovinos: conduta para o diagnóstico conclusivo. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia 65, 364-368.

Moeller, R.B. 2004. Copper. In: Plumlee, K.H., editor. Clinical Veterinary Toxicology. Mosby, St. Louis, MS95-197.

Möllerke, R.O., Bernhard, E.A., 2002. Valor da aspartato transaminase no diagnóstico precoce da intoxicação crônica por cobre. Revista Brasileira de Ciência Veterinária 9, 110-113.

Möllerke, R.O., Ribeiro, L.A.O. 2005. Aspectos epidemiológicos da intoxicação crônica por cobre em ovinos preparados para exposição. Veterinária em Foco 2, 183-192.

Pereira, D., Rivero, R. Intoxicação crônica fitógena por cobre. In: Riet-Correa, F., Méndez, M.C., Schild, A.L., editores. Intoxicações por plantas e micotoxicoses em animais domésticos. Pelotas: Ed. Hemisferio Sur; 199393-113.

Pilati, C., Barros, L., Giudice, J.C., Bodan, E., 1990. Intoxicação crônica por cobre em ovinos. A Hora Veterinária 9, 54.

Pinto, C., Alves, A. Pires, M., Almeida, J., Azevedo, J., 1995. Intoxicação crônica pelo cobre – uma realidade a considerar na formulação alimentar. Revista Portuguesa de Zootecnia Ano II, 2.

Pugh, D.G. 2002. Sheep and Goat Medicine. Saunders, Philadelphia, Pennsylvannia, United States 100-101.

Ortolani, E.L., 1996. Intoxicação e doenças metabólicas em ovinos: Intoxicação cúprica, urolitíase e toxemia da prenhez. In: Nutrição de ovinos. Editora da UNESP, Jaboticabal, São Paulo, Brasil.

Ospina, P.H.; Barcellos, J.O.J, 1998. O molibdênio e sua relação com a deficiência de cobre. In: Nutrição Mineral em Ruminantes. Segunda Ed. Editora da UFRGS, Porto Alegre, Brasil.

Radostits, O.M., Gay, C.C., Hinchcliff, K.W., 2007. Veterinary Medicine: A textbook of the diseases of cattle, horses, sheep, pigs and goats, Tenth Ed. Saunders Elsevier, Philadelphia, United States 1821-1823.

Ribeiro, L.A.O., Neto, J.A.S.P., Rodrigues, N.C., Fallavena, C.B., 1995. Intoxicação crônica por cobre em ovinos mantidos em pomar de macieiras. Pesquisa Veterinária Brasileira 1515-17.

Riet-Correa, F., Oliveira, J.A., Giesta, S., Schild, A.L., Méndez, M.C., 1989. Intoxicação crônica por cobre em ovinos no Rio Grande do Sul. Pesquisa Veterinária Brasileira 9.51-54.

Santos, N.V.M., Mota, R.A., Alencar, S.P., Soares, P.C., Pereira, M.F., Teixeira, M.N.; Melo, L.E.H., Albuquerque, C.A.F., Castro, F.J.C., 1999. Aspectos clínico-patológicos da intoxicação crônica por cobre em ovinos. In: Anais do Congresso Pernambucano de Medicina Veterinária, Recife, Brasil 153-154.

Scott, P.R. 2007. Sheep Medicine. Manson Publishing Ltd., London 293-295.

Sivertsen, T., Løvberg, K.E. 2014. Seasonal and individual variation in hepatic copper concentrations in a flock of Norwegian Dala sheep. Small Ruminant Research 116, 57-65.

Stalker, M.J., Hayes, M.A. Liver and biliary system. In: Maxie, M.G. editor. Pathology of Domestic Animals. Fifth Ed. Eselvier Saunders, Philadelphia, USA, 2007, pp. 379-381.

Underwood, E.J., 1977. Cooper. Trace Elements in human and animal nutrition, Fourth Ed. Acad. Press, Nova Iorque 108.

Uzal, F.A., Robles, C.A., Garro, J., Olaechea, F.V., Arrigo, J.L., Wolff, M. 1992. Intoxicación aguda por cobre em ovinos. Veterinaria Argentina 89, 599-603.

Villar, D., Carson, T.L., Janke, B.H., Pallarés, F.J., Fernández, G., Kinker, J.A. 2002. Retrospective study of chronic copper poisoning in sheep. Anales de Veterinaria de Murcia 18, 53-60.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.