Educação Ambiental de Base Comunitária: relato de experiência no Vale do Jequitinhonha

Autores/as

  • Daniel Renaud Camargo Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Celso Sanchez Pereira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Resumen

Este trabalho pretende apresentar um relato de experiência de uma proposta de Educação Ambiental de Base Comunitária construída com comunidades do Município de Chapada do Norte (MG), localizado na região do Vale do Jequitinhonha. O presente artigo aponta para o caminho de construção desta ação educativa destacando a possibilidade de desenvolver práticas de Educação de Base Comunitária a partir de uma perspectiva de Pesquisa Participante, envolvendo as comunidades locais na resolução de problemáticas e reflexões acerca dos contextos vivenciados pelas mesmas. Neste caso, o estudo partiu de uma articulação entre as perspectivas de Investigação Ação Participante de Orlando Fals Borda e a Abordagem Temática de Paulo Freire. O estudo se iniciou com uma investigação preliminar que identificou uma série de situações-limites relacionadas à realidade local; a partir daí tais situações foram codificadas e apresentadas aos moradores nativos a partir de encontros voltados a estudar como tais sujeitos descodificam e refletem acerca de suas realidades e contextos de vida; então, partiu-se para um esforço de envolver os professores para aplicar tais resultados em ações de Educação Ambiental nas escolas locais. Portanto, o presente trabalho aponta para a possibilidade de uma construção coletiva de propostas pedagógicas ambientais, entendendo as comunidades como co-autoras tanto do processo de pesquisa como de educação.

Citas

- Borda, Orlando Fals. (1991a). Some Basic Ingredients in: Borda, Orlando Fals & Rahman, Muhammad Anisur. (1991). Action and Knowledge: Breaking the monopoly with participatory action research. 3ª ed.

- _____. (1991b). Acción y Conocimento: Rompiendo el monopólio con la IAP. in: Borda, Orlando Fals & Rahman, Muhammad Anisur. (1991). Action and Knowledge: Breaking the monopoly with participatory action research. 3ª ed.

______. (1994). El Problema de Como Invetigar la Realidad para transforlmarla em Praxis. T/M Editores, Santafé de Bogotá, 7ª ed.

______. (2015). Una Sociologia sentipensante para a América Latina. México. Sigilo XXI Editores; Buenos Aires, CLACSO.

- Brandão, Carlos Rodrigues & Streck, Danilo Romeu. (2006). A pesquisa participante e a partilha do saber: Uma introdução. In: Brandão, Carlos Rodrigues; Streck, Danilo Romeu (orgs). Pesquisa Participante: O Saber da Partilha. Ideias & Letras, Rio de Janeiro.

- Camargo, Daniel Renaud. (2017). Lendas, Rezas e Garrafadas: Educação Ambiental de Base Comunitária e os Saberes Locais no Vale do Jequitinhonha. (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (PPGEDU-UNIRIO). Rio de Janeiro, RJ.

- Camargo, Daniel Renaud (2018). Cultura, Educação, Meio Ambiente e Memória: Caminhos da Educação Ambiental de Base Comunitária no Vale do Jequitinhonha. In: Kassiadou, Anne (orgs). Educação Ambiental Desde El Sur. Editora NUPEM-UFRJ, 1ª edição.

- Cendales, Lola; Torres, Fernando; Torres, Alfonso. (2006) A semente tem sua própria dinâmica: sobre as origens e os rumos da Investigação Ação Participante (IAP): Entrevista com Orlando Fals Borda. In: Brandão, Carlos Rodrigues & Streck, Danilo Romeu (orgs). (2006). Pesquisa Participante: O Saber da Partilha. Idéias & Letras.

- Couto, Mia. (2009). E se Obama fosse africano? Ensaios. Companhia das Letras, São Paulo.

- Delizoicov, Demétrio (1982). Concepção problematizadora no ensino de Ciências na Educação Formal (Dissertação de Mestrado). São Paulo: IFUSP/FEUSP.

- Freire, Paulo. (2014) Pedagogia do Oprimido. Editora Paz e Terra. 57ª Edição.

- Guimarães, Mauro. (2004). Educação Ambiental Crítica in: Layrargues, Philippe (coord) Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Ministério do Meio Ambiente. Diretoria de Educação Ambiental – Brasília.

- Leff, Enrique. (2003) Construindo a História Ambiental da América Latina. Revista Esboços nº 13. 51° Congresso Internacional de Americanistas, Simpósio de História Ambiental Americana, Santiago, Chile.

- Loureiro, Carlos Frederico Bernardo. (2004). Educação Ambiental Transformadora. In: Layrargues, Philippe (coord) Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Ministério do Meio Ambiente. Diretoria de Educação Ambiental – Brasília.

- Renaud, Daniel & Sánchez, Celso. (2015). Lembranças e Histórias de um Vale Encantado: A Educação Ambiental Popular através da metodologia Investigação Ação Participante (IAP) na Proteção de Saberes Locais no Vale do Jequitinhonha. In: Anais do VIII EPEA, Rio de Janeiro.

- Silva, Julio Vitor Costa da. (2016). Sociedades de Água do morro da Formiga: Subsídios para Educação Ambiental de Base Comunitária e ecologia de saberes em favela carioca (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós Graduação em Educação (PPGEDU), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ.

- Toledo, Victor & Barrera-Bassols, Narciso. (2015). A Memória Biocultural: A Importância Ecológica das Sabedorias Tradicionais. Expressão Popular. 1ª Edição.

- Torres, Juliana Rezende; Ferrari, Nadir; Maestrelli, Sylvia Regina Pedrosa. (2014) Educação Ambiental Crítico-transformadora no contexto escolar: teoria e prática freireana. In: Loureiro, Carlos Frederico B. & Torres, Juliana Rezende (Orgs.). Educação Ambiental: dialogando com Paulo Freire. Cortez.

Publicado

2019-08-29

Número

Sección

Artículos de investigación